Marinko Ivankovic fala do começo das aparições

 

images (1)Marinko nasceu em 1943 na vila de Bijakovic (a paróquia de Medjugorje divide-se nas seguintes vilas: Medjugorje, Bijakovic, Melitina, Vionica e Surmanci) e ainda vive lá trabalhando como mecânico. Quando os videntes precisavam de conselho de fora de suas famílias era a ele quem procuravam e sem dúvida depois dos seis videntes, Marinko é a testemunha ocular mais importante dos incríveis acontecimentos de Medjugorje.

]Em 1996, por ocasião do aniversário de 15 anos das aparições, o jornalista Sean Conroy do jornal irlandês “Medjugorje Herald ” entrevistou Marinko Ivankovic em sua casa que fica aos pés da colina das aparições (monte Podbro).

Sean: Você pode recordar claramente o início das aparições na colina do monte Podbro em 1981 ?

Marinko: Sim. eu estava trabalhando como mecânico em uma loja em Mostar na manhã do dia 25 de junho de 1981, indo de carro com minha esposa que trabalhava em Citluk. Demos carona a Marija e Vicka que estavam indo para a escola em Mostar. Após passarmos pela igreja de Citluk, Marija que estava sentada atrás de mim disse: “Nós vimos Nossa Senhora noite passada”. Diminui a velocidade do carro, me voltei para trás e perguntei: “Quem A viu ?” “Vicka” respondeu Marija. Perguntei a Vicka que estava sentada ao lado de minha esposa Dragica sobre quem viu Nossa Senhora primeiro. Vicka me respondeu que foram: Ivanka Dragicevic, Milka Pavlovic (Irmã de Marija), e ela. Ela me deu cada detalhe sobre como isto aconteceu e como Nossa Senhora se parecia. Ela estava andando pela estrada que margeia a colna das aparições (monte Podbro) e a viram a cerca de 500m. Disse a Vicka que quando retornasse para casa iria falar com Ivan porque eu seria mais capaz de confiar nele.

Ivan me confirmou tudo o que Vicka tinha me dito. Acreditei naquele momento. Era o segundo dia das aparições de Nossa Senhora. Pensava que Nossa Senhora tinha aparecido as 18:45 mas Ela tinha vindo uma hora antes. Quando fui para a estrada, vi os videntes que desciam a colina. A avó de Ivanka estava esperando por ela ao lado da estrada. Ivanka e Mirjana estavam conversando enquanto desciam. Eu fui em direção a elas e disse: “Ivanka, porque você está chorando tanto ?” Ela abraçou fortemente sua avó e me disse: “Eu perguntei a Nossa Senhora sobre minha mãe” (que tinha falecido dois meses antes do início das aparições) e Nossa Senhora disse: “Não se preocupe sobre sua mãe, ela está Comigo no Céu, mas você deve obedecer e ouvir sua avó”. A avó de Ivanka era a mãe de seu pai. Marija disse que pediu a Nossa Senhora para dar-nos um sinal para que ninguém tivesse dúvidas que eles a estavam vendo.Nossa Senhora colocou sua mão sobre o relógio de Mirjana. Onde o número 12 do relógio aparecia se estivesse normal, agora aparecia o número 9. Como sou mecânico, achei isto muito interessante, pois se alguma pessoa quisesse mudar um relógio como aquele, a chave do mecanismo deveria ser quebrada, mas tudo estava funcionando perfeitamente.

Sean: Você foi a primeira pessoa a falar com um padre sobre o que estava acontecendo ?

Marinko: Quando vi que não podia parar de fazer Ivanka chorar,achei melhor encontrar um padre, para que ele fosse capaz de explicar a ela o que estava acontecendo. Quando cheguei de carro à reitoria, encontrei duas freiras sentadas do lado de fora. Perguntei a elas se padre Jozo estava, e elas me disseram: “Não”. Após isto, padre Zrinko veio até mim perguntar sobre o que eu precisava. Disse a ele que seis crianças tinham relatado terem visto Nossa Senhora ontem, que era 24 de junho de 1981 e novamente na tarde do dia 25 e que uma delas estava chorando muito.Pensei que o senhor poderia ir vê-la e consolá-la um pouco e que falando com os videntes me dei conta de que falavam a verdade. Então, padre Zrinko me disse: “Marinko, deixe aqueles que foram abençoados por Deus em vê-La. Aqueles que não a viram estão OK”. Então eu o deixei e me senti muito desapontado e desencorajado. Não podia entender porque ele não podia ir comigo. (Ivanka, Mirjana, Vicka, Ivan, Jakov e Marija foram os que viram Nossa Senhora  no dia 25. Milka Pavlovic e Ivan Ivankovic não mais a viram). Na terceira aparição, dia 26 de junho de 1981. Fui exatamente para o lugar onde Nossa Senhora tinha aparecido nos dois dias anteriores. Estava presente quando os videntes disseram: “Olhe para a luz, olhe para a luz” Na terceira vez eles disseram: “Olhem, é Nossa Senhora”. Eu perguntei onde, porque desejava ver. Eles me mostraram a direção e naquele momento em particular tinham cerca de 300 pessoas ao lado do Podbro, onde Ela tinha aparecido as duas primeiras vezes. Os videntes disseram que Ela estava um pouco mais ao sul, num local diferente. Nós começamos a subir a colina das aparições. Vicka estava carregando uma garrafa de água benta que sua avó Vida deu a ela. Estava chovendo e eles não estavam subindo rápido especialmente Mirjana que tinha nascido e residia em Sarajevo e não tinha experiência em subir montanhas. Peguei a água benta que Vicka carregava. Estava olhando para Ivan porque ele foi o primeiro a chegar ao local. O restante dos videntes estavam a 20m na minha frente e estavam se aproximando de Ivan. Perguntei: “Onde está Nossa Senhora ?” Perguntei se Ela estava parada em pé e eles me disseram que não, mas em pé em uma nuvem cinza que não tocava a terra. Vicka me disse que Nossa Senhora estava olhando para mim e sorrindo. Perguntei sobre a água benta que eu estava carregando para ela. Vicka pegou a garrafa e com sua mão jogou água dizendo estas palavras: “Se você é Nossa Senhora, permaneça conosco, senão vá embora”. Perguntei a Vicka se Nossa Senhora permanecia lá. Ela respondeu: “Ela continua olhando para você e continua sorrindo”. Eu já tinha perguntado porque Nossa Senhora estava aqui e o que Ela queria de nós. Neste momento repeti a mesma pergunta. Pedi para perguntarem a Ela e eles disseram: “Porque você mesmo não pergunta a Ela?” Nossa Senhora respondeu a pergunta deles: “Vim porque aqui existem muitos bons crentes. E para que se convertam e façam a paz deste povo. Venho para converter e reconciliar o mundo inteiro”. Um homem chamado Baldvica, que estava presente, disse aos videntes: “Peçam a Nossa Senhora que nos dê um sinal para que compreendamos”. Simultaneamente os videntes disseram: “Abençoados os que não viram mas acreditaram”.

Sean: Poderia você me dizer como sua esposa Dragica foi a primeira a falar com padre Jozo sobre as crianças que viam Nossa Senhora ?

Marinko: Dragica estava trabalhando no dia 27 de junho de 1981. Um pedaço pesado de metal caiu em sua mão e também quebrou sua perna. Eles a levaram para o hospital de Mostar, e antes dela entrar, encontrou-se com padre Jozo, que acredito estava visitando sua mãe doente. Ele perguntou a Dragica o que tinha acontecido com ela. “Nada sério”, respondeu. Então ela disse a padre Jozo: “Onde você tem estado ? Você deveria estar em Medjugorje, Nossa Senhora está aparecendo lá”. Ele pergunto a Dragica quem tinha dito isto e ela disse que cinco ou seis delas tinham visto Nossa Senhora nos três dias anteriores. Padre Zrinko parecia não acreditar nisto, então você deveria ir e ver por você mesmo, Foi isto que aconteceu.

Sean: Me fale sobre o dia em que não aconteceu a aparição no monte Podbro.

Marinnko: Em 1 de julho de 1981, os videntes foram tirados da vila por Metica Vasilj e Lubica Vasilj para Cerno. Neste dia não houve aparição na colina e nem missa na Igreja de São Tiago. Duas pessoas viram uma nuvem cinza sobre as 30.000 pessoas na colina das aparições.

Sean: Você viu Nossa Senhora ?

Marinko: Não.

Sean: Você A tocou ?

Marinko: Sim. A primeira vez vinte dias depois das aparições começarem. Nossa Senhora convidou os videntes às 11 horas da noite para a colina das aparições onde Ela normalmente aparecia a eles. Cerca de 30 a 40 pessoas compartilharam esta experiência.Quando chegamos ao local, os videntes pararam diante de uma cruz de madeira (onde hoje existe a estátua de mármore de Nossa Senhora) e fizeram o sinal da cruz. Nesta hora eu estava atrás dos videntes com a cabeça abaixada e com os olhos fechados quando algo me disse para abrir meus olhos e olhar para cima. O céu estava se separando como se estivesse abrindo-se. Uma luz branca muito veloz estava caindo sobre nós. Eu disse: “Olhem para a luz!”. Nisto, cerca de dez pessoas disseram a mesma coisa. Quando a luz finalmente chegou até a cruz de madeira em frente aos videntes era como se um grande balão tivesse explodido com milhares de estrelas, todas de diferentes tons de vermelho, azul e amarelo. Uma pequena garota chamada Zdenka começou a chorar. Ao mesmo tempo Marija Pavlovic disse: “Paz, Nossa Senhora está conosco. Ajoelhem-se todos vocês e Nossa Senhora irá rezar conosco”. Neste momento eu chorei por causa da felicidade dentro de mim. Nunca experimentei uma oração como aquela antes. Nós rezamos juntos por cerca de trinta minutos. Após isto, os videntes disseram: “Nossa Senhora disse que vocês podem se levantar, Ela está convidando todos vocês a tocá-La se desejarem”. Todos se moveram para frente para tocá-La. No momento em que toquei Nossa Senhora. um dos videntes disse: “Alguém segurou no véu de Nossa Senhora e Ela está indo embora”.

A segunda vez foi no dia da festa de Nossa Senhora doa Anjos, entre os campos entre Medjugorje e Cilici. Os videntes disseram: “Nossa Senhora irá permitir a todos que desejarem vir até Ela e tocá-La”. Eles levaram as pessoas, uma a uma e eles diziam: “Agora você está tocando Seu véu, Sua cabeça, Sua mão, Seu vestido. Isto aconteceu por cerca de quinze minutos, até que Nossa Senhora partisse. Então Marija chorou alto. Eu corri para ela e perguntei: “Porque você está chorando ?”. Marija disse: “Ela partiu. Uma parte de Seu vestido estava suja, porque algumas das pessoas que A tocaram estavam em pecado.A experiência mais importante que tive naquela tarde foi quando Vicka e Jakov me disseram: “Nossa Senhora te abençoou e te beijou”.

Sean: Nossa Senhora vinha até você como a um homem cheio de oração ?

Marinko: Todas as manhãs saudava Nossa Senhora com o Sinal da Cruz, dizendo o Ângelus e o Glória ao Pai, a mesma coisa ao meio-dia, quando o sino da igreja de São Tiago toca. 99% das pessoas paravam de trabalhar e recitavam o Ângelus e rezavam por aqueles que estavam doentes. às sete horas da tarde o sino tocava. Nós chamávamos esta hora de “Ave-Maria”. As orações duravam quinze minutos. Nós rezávamos pelos doentes a Salve Rainha e a oração de Santo Antônio. Havia missa aos domingos e nos dias de festa. Eu frequentemente me perguntava: “Realmente aconteceu com Jesus o que está nas escrituras ?” Você podia notar que eu estava duvidando. Depois que Nossa Senhora veio, realmente não tive mais dúvidas de nada do que estava escrito nas Sagradas Escrituras. Interessante notar que antes das aparições, não havia a missa da tarde na igreja de São Tiago. Era sempre as 8:00 e as 11:00 aos domingos e dias de festa e 7:30 durante a semana. Não começamos a ter a Missa por algum tempo após o início das aparições. Geralmente depois da aparição, padre Jozo pedia aos videntes para falar ao povo o que Nossa Senhora estava dizendo. Os videntes não se sentiam bem em fazer isto. Apenas Vicka falou sobre isto.

Sean: Você algum dia duvidou das aparições ?

Marinko: Não, de forma nenhuma. Muitas pessoas vem aqui por curiosidade, muitos vem por suas diferentes necessidades. Sei de pessoas que vem a minha casa, onde se jejua e se reza muito, sem dúvida, algo as está trazendo, provavelmente a fé.

Sean: A guerra da Bósnia trouxe mudanças ?

Marinko: Sim. Digo isto com grande tristeza. Fico triste que as pessoas novas da paróquia não aceitem as mensagens de Nossa Senhora, as mesmas mensagens que nós aceitamos quinze anos atrás. Esta é minha grande preocupação.

Sean: Você gostaria de ver uma igreja erguida na colina das aparições ?

Marinko: Eu seria um homem mais feliz se uma igreja fosse construída no Podbro em honra a Nossa Senhora. Não acredito que será construída antes de Nossa Senhora nos deixar o sinal permanente.

traduzido do livro: “The Best of The Spirit of Medjugorje” – Volume II – 2007

Comentários Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *